O mousse de chocolate é uma das receitas clássicas e, com toda a certeza, faz com que os chocólatras salivem apenas de pensar em devorá-la. Além disso, é muito fácil de ser feito, não exigindo de muitos dotes culinários para matar aquela vontade de comer um chocolatinho, mas de uma maneira bastante cremosa.

A sua versatilidade pode ser vista em festas de aniversário, de casamento e até em jantares em família. Então, já sabe, se for convidado para alguma reunião familiar ou festa, que tal levar um mousse de chocolate que você aprenderá por aqui?

Receita deliciosa de mousse de chocolate

O chocolate é uma verdadeira paixão, principalmente se vier em sua versão de mousse, algo bastante macio e de textura agradável. As crianças vão adorar e, com toda a certeza, você também não vai ser capaz de resistir a essa delícia que clama por um pouquinho de atenção.

Então, se você quer aprender uma receita que vai fazer sucesso por onde quer que passe e ainda pode ser responsável por ganhar um dinheiro extra, que tal aprender a fazer mousse de chocolate?

Ingredientes:

  • 1 lata de creme de leite;
  • 200g de chocolate meio amargo picado;
  • 3 claras de ovo;
  • 3 colheres de sopa de açúcar.

Como fazer o mousse de chocolate:

  1. Coloque uma panela para ficar em banho-maria e aqueça o creme de leite;
  2. Em seguida, coloque o chocolate meio amargo, mexendo bem até que vire uma receita homogênea após o derretimento do chocolate;
  3. Em seguida, coloque as claras e o açúcar em uma panela, levando-os ao fogo baixo, mexendo até que vire uma mistura macia;
  4. Agora, transfira essa mistura para uma batedeira, deixando que bata por cerca de 5 minutos até que dobre de volume;
  5. Misture com o creme de chocolate;
  6. Por fim, coloque o mousse nas taças e leve até a geladeira por cerca de 3 horas ou até que a mistura fique firme.

Você sabe onde surgiu o mousse?

Se você ainda não sabe de onde vem essa deliciosa receita, então nós te dizemos! A França é a principal responsável pela produção e criação dos mousse e, por causa de sua consistência, podemos dizer que esse doce tem um sabor especial que nos lembra a maciez das nuvens acima de nossas cabeças.

Em uma das versões mais interessantes da história do mousse, podemos descobrir que, na Roma Antiga, havia uma mistura feita com mel e vinho que tinha por nome “muslum”. Aos poucos, com as modificações provenientes da língua latina, a palavra acabou por ser substituída por “mulsa”.

Com o passar dos anos, ao chegar na França, a palavra acabou por se tornar “mousse”, lá pelo século 19. Essa sobremesa acabou por receber esse nome por vir da Inglaterra e por ser uma sobremesa aerada, significando algo como leve ou espumoso, de textura estável.

Atualmente, podemos fazer mousse de qualquer sabor que nos vier à mente, visto que os ingredientes de sua composição são todos muito parecidos. Então, que tal colocar a mão na massa?